block

O Agito Brasil está presente em 263 cidades no Brasil. Confira!

Brasileiros aproveitam baixa do dólar para viajar aos EUA - Agito Uberaba

Login
Entrar com sua conta no Agito
  1.  
  2.  
ou recuperar senha

Por que logar? Logado você pode participar de promoções, fazer comentários, compartilhar, recomendar, participar do Agito Live e muito mais.

Não é cadastrado? Cadastre-se!

Login

Para vincular sua conta da rede social você precisar ter o cadastro no Agito!

Mostrar a minha foto do perfil da rede social?
  1. Receber boletins me informando sobre os principais eventos da região.

Brasileiros aproveitam baixa do dólar para viajar aos EUA

Orlando é o destino mais procurado pelos turistas

12 de Agosto de 2011

Thaisa Figueiredo
Agito Brasil


A maré do dólar em baixa impulsionou as viagens dos brasileiros ao exterior, principalmente aos Estados Unidos. De acordo com dados da Agência Brasil, de outubro de 2010 a junho deste ano, a Missão Diplomática norte-americana no Brasil emitiu 550 mil vistos para brasileiros.

Consequentemente, aumentaram também os gastos dos brasileiros em outros países, incluindo os Estados Unidos. Só no primeiro semestre de 2011, as viagens internacionais atingiram US$ 6,814 bilhões. No mesmo período de 2010, o número ficou na casa dos US$ 4,118 bilhões.

Dados do Banco Central mostram que as despesas líquidas com viagens internacionais alcançaram a marca de US$ 1,4 bilhão em junho, com aumentos de 39,9% nos gastos de brasileiros no exterior e de 18,3% nos gastos de estrangeiros no país.

As agências de viagens foram as primeiras a sentir o aumento do interesse da população em pacotes internacionais. De acordo com o empresário Thiago Paes Leme Zacharias, da agência Livre Acesso, essa mudança de comportamento foi gradativa em sua agência em Ribeirão Preto. “Com o aumento do poder aquisitivo da classe média brasileira, a tendência é um crescimento cada vez maior nesse segmento. Em média, podemos dizer que entre 2010 e 2011 sentimos um aumento em torno de 35% em pessoas interessadas em sair do Brasil”, afirma.

O momento para sair do país é oportuno principalmente para aqueles que desejam fazer isso pela primeira vez. “Hoje, uma viagem de uma semana a Nova York sai em torno de R$ 3 mil por pessoa. Quando o dólar apresentava uma alta superior a R$ 2, o mesmo pacote chegava a quase R$ 4 mil. A diferença fica acima de 25%. Os clientes também acabam consumindo mais. Temos clientes, por exemplo, que viajam de duas a três vezes por ano até os Estados Unidos apenas para comprar roupas do dia-a-dia”, diz o empresário.

Favoritos

O destino favorito dos brasileiros nos Estados Unidos continua sendo Orlando, por causa dos parques temáticos. Em seguida aparecem cidades da costa oeste do país, como Los Angeles, San Diego, San Francisco e Las Vegas, depois Nova York. Outros locais como o Havaí e circuitos de esqui são solicitados conforme as temporadas. Em média, o tempo gasto nessas viagens é de 10 a 15 dias.

De acordo com Thiago, há clientes que preferem fechar pacotes com antecedência para viagens futuras. “Temos casos de clientes que viajam a negócios o tempo todo e casos de pessoas que viajam à lazer com os planos mais ou menos definidos e aproveitam para comprar as viagens antecipadamente. Hoje em dia, já temos dificuldade para confirmar voos para alguns destinos em março, abril e maio”.

Dicas de viagens

Uma das dicas de destino de Thiago para viagens aos Estados Unidos é Las Vegas. “Com o dólar baixo você pode passar uns cinco dias na cidade sem se arrepender. Ao contrário do que todos pensam, Las Vegas não oferece apenas cassinos. A cidade possui mais de cinco unidades do Cirque Du Soleil, vários espetáculos itinerantes da Broadway, além de filiais dos melhores restaurantes do mundo. O restaurante Aureole, no Mandalay Bay, em Las Vegas é muito interessante. A adega é enorme e é divertido observar os garçons pegando os vinhos do topo da adega de quatro andares. Eles sobem como anjos amarrados em cabos de aço”, enfatiza Thiago.

Além dos Estados Unidos, Thiago sugere mais destinos para os turistas que querem aproveitar a baixa do dólar e conhecer outros locais do globo. “Um destino que as pessoas ainda não se acostumaram a procurar é a África do Sul. Atualmente, a parte aérea para Johanesburgo é muito barata. De lá, os turistas podem aproveitar para conhecer a Cidade do Cabo, uma das cinco cidades mais bonitas do mundo, fazer um safári no Krueger Park ao norte ou aproveitar a Ilha de Mauritius ao sul”, diz.





Comentários
 Não Existem Mensagens

Deixe um Comentário

Para enviar uma mensagem, você precisa estar cadastrado

Faça o . Ainda não é membro? Cadastre-se

As mensagens serão liberadas em alguns instantes, após revisão de nossos editores.

_